Casal Aventura

Casal Aventura

26 de outubro de 2010

Listas, intermináveis listas!!!

Neste momento da preparação se fez necessária a elaboração daquelas listas intermináveis, sempre visando "una viaje" com menos imprevistos possíveis e com maior tranquilidade para que o casal não esquecesse nada que pudesse transformar a aventura em desventura.

Depoimento Andréa: "No início achei uma bobagem tantas listas, com o tempo e as leituras, percebi serem essenciais para o bom andamento da viagem, já que podemos, entre tantas informações e a ansiedade de um momento como este, esquecer coisas importantes... já estou fazendo a minha de "coisinhas" a levar".

A lista principal, da Rota a ser utilizada, ainda encontra-se em fase final de elaboração. Ainda estão acontecendo tantas mudanças ao longo destes preparativos, que algumas alterações estão sendo feitas no trajeto inicial, mas em breve, o roteiro será postado.

Com a palavra o "homem das listas": Jorge.

Lista de documentos a levar (alguns a serem providenciados):
ü  RG e CPF
ü  Passaporte (não é obrigatório, mas facilita as coisas nas Aduanas)
ü  Carteirinha do convenio medico (onde será contratado seguro saúde)
ü  Documento da moto
ü  Seguro Carta Verde (obrigatório)
ü  PID (Permissão Internacional para Dirigir)
ü  Autorização da financeira
Um monte de Xerox de tudo isso...

Lista de revisão da moto, peças a serem substituídas e peças sobressalentes:
Aproveitando a revisão de 12.000 km, a motoca vai para o estaleiro para dar uma geral caprichada, engraxar a caixa de direção, os rolamentos de roda, re-aperto geral, etc.
Pretendo iniciar a viagem com algumas peças 0 km, como pneus, coroa-corrente-pinhão, pastilhas de freio dos 03 discos,  filtros de óleo e de ar.
Levo comigo: Manete e cabo de acelerador, manete e cabo de embreagem, lâmpadas de farol  e de pisca, um pisca completo, velas e retentores de bengala. Tomara que não precise usar nada disso, mas se precisar é melhor tê-los comigo.
Quanto às ferramentas, levo chaves suficientes para desmontar praticamente a moto toda, o que não significa que sejam muitas. Basicamente é o kit original da moto e mais alguns soquetes e uma chave catraca, um alicate e uma chave de boca regulável.
Para o caso de um pneu furado terei 02 opções de conserto: 02 latas de TyreRepair, aquelas latas que “prometem” tapar o furo e encher o pneu. Nunca usei, mas dizem que não é 100% confiável. De qualquer forma, precisaria parar no primeiro borracheiro que encontrar para fazer um remendo de verdade. E é por isso que darei preferência para a segunda opção: comprei aquelas ferramentas que o borracheiro usa para consertar pneus sem câmera, conhecidas como “tarugo”.  Como o pneu da Strom também é sem câmera, acho que dará certo.  Consertar o pneu com o tarugo vai ser fácil... Quero ver mesmo é encher ele com a bomba de bicicleta, que também vai...  rsrsrsrsrs.   Depois eu lhes digo se deu certo...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo nesta aventura e obrigado por compartilhar conosco!!!